Hiroshi Bogéa On line

Funcionários do Banpará pedem socorro

 

No mural do Face dos servidores do banco do Estado do Pará, apelo à segurança dos bancários:

“É preciso da um basta a essa situação de medo e violência que sofrem permanentemente os bancários e bancárias! Está mais que evidente que bancário é profissão de risco e isso exige um tratamento à altura: investimento em proteção às vidas, estratégia e tecnologia em prevenção, fortalecimento, autonomia e articulação na área de segurança, repasse imediato da responsabilidade quanto às chaves das unidades e cofres a outros agentes que não os bancários, é o mínimo necessário para enfrentar e superar o atual estágio de (in)segurança em que estamos mergulhados.

O Banco deve enviar as equipes de segurança e saúde à Tailândia para abrir a CAT e cuidar dos dois colegas envolvidos, assim como também dos demais colegas da agência, todos emocionalmente bastante abalados. O correto é a agência não abrir hoje.”

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *