Hiroshi Bogéa On line

Envergonhando o país

 

Cubanos

 

 

A foto  diz tudo.

Molecagem,  falta de respeito ao próximo,  gestos de extrema selvageria.

O negro, impassível diante da agressão, é um médico cubano desembarcando  em Salvador, alvo de ataques  gratuitos,  e planajados,  de  médicos brasileiros que os enxotavam, no terminal de desembarque, com gritos, cartazes e palavrões.

Observem atentamente a imagem.

Reflitam sobre a dimensão disso!

A que ponto uma classe se expõe para defender, exclusivamente, o interesse de seus bolsos, ignorando a necessidade do país tomar decisões para disponibilizar atendimento nos centros de saúde que eles, os manifestantes “brancos”, se negam a fazer.

Os macacos de auditórios, agora, em pleno picadeiro de circo.

Autor 

9 Comentários

  1. Francisco Pereira

    4 de setembro de 2013 - 10:56
    Reply

    sou contra a vinda dos médicos Cubanos ao Brasil pois sei que por trás dessa gentileza do governo de Cuba tem algo que só o futuro vai nos mostrar, e não concordo c/ a forma de que esse senhor foi tratada sei que não é hostilizando e constrangendo que vai se conseguir anular tal decisão de quem está pensando nos votos em 2014.

  2. r silva

    28 de agosto de 2013 - 12:00
    Reply

    Olá, já estagiei em hospital na qual tinha um medico cubano e nunca vi um medico brasileiro ser tão atencioso com seus pacientes como este cubano que atrai muita simpatia com seus pacientes e comunicativos coisas que os médicos brasileiros não são. Acho também caro amigo Hiroshi que a população brasileira tá na hora de exigir seus direitos como saúde, educação, segurança e infraestrutura não votando mais nesses políticos que ai estão, meu amigo vejo que o povo em geral já deixou de ser preocupar com o sistema politico algo que é um absurdo não ligarmos pra isso pois tá em jogo o futuro de nossa cidade, estado, pais o que vamos deixar pra nossos descendentes, hoje é que vejo a população se manifestar se contra a corrupção na qual parou o Brasil e deixou á todos com a expectativas de mudanças e é algo que tem que continuar em quanto haver resquícios de corruptos na politica brasileira.
    Meu amigo gostaria muito que nossos políticos tivessem mais compromissos com a população e que fossem mais honestos, basta andar nas periferias e ir num hospital ou escola publica pra ver os descasos nesse nosso Brasil, será que os políticos se acham impunes a tal ponto que nossa justiça não os punam, não vamos deixar que a impunidade e a corrupção sejam julgadas só por DEUS por que enquanto vivermos aqui temos vamos exigir nossos direitos pois contribuímos pra isso.
    Obrigado amigo Hiroshi.

  3. bom senso

    28 de agosto de 2013 - 11:39
    Reply

    Caro hiroshi, sera que os medicos acham que os brasileiros vitimas de maus tratos por parte dos mesmo a grande maioria prepotente e ignorantes, estao de acordo com a recusa dos mesmo? Quem e contra sao os medicos e seus familiares, ate mesmo pessoas que nao usam o sus tem necessidade de profissionais comprometidos com a saude…

  4. Djalma

    28 de agosto de 2013 - 11:18
    Reply

    O medo dos médicos brasileiros e quanto a formação dos médicos cubanos que e bem melhor que a formação brasileira inclusive na ética.

  5. MANDIMOLE

    27 de agosto de 2013 - 21:25
    Reply

    É preciso que esse assunto seja analisado de maneira apartidaria, já varias vezes assistí declarações de representantes de conselhos e sindicatos médicos,esclarecendo que não são contrs a presença de médicos estrangeiros trabalhando no Brasil (aquí em Marabá tem um,e em quase todos os medios e grandes municípios é facil se encontrar) o que preocupa é não seguir os trâmites legais : prova de validação do diploma,prova de proficiencia no idioma portugues),o governo resolveu comprar a briga burlando a lei,o que não chega à ser novidade nos tempos atuais. E o resto,como alguém já comentou anteriormente, é muita pirotecnia e aquela tradicional esticada que a imprensa dá em determinados assuntos. O fato é que, sem laboratório de análises,diagnóstico por imagem,e hospitais bem equipados,a medicina de media e alta complexidade,que em ultima análise é a que salva vidas, vai continuar sem ser feita, ISSO É O QUE INTERESSA À TODOS NÒS.

  6. apinajé

    27 de agosto de 2013 - 13:29
    Reply

    quanta bobagem,estão querendo “racializar”a questão,isso não nos leva a nada ou a lugar nenhum,o buraco é mais embaixo,faltam médicos?claro que faltam,a ação do governo é efetiva?claro que não.
    o que o governo faz com esse assunto é pura pirotecnia para tirar proveito político(nas urnas)ano que vem…agora ser branco é ser elite,ser hétero é errado,ser honesto é ser trouxa etc…etc…etc…é o rabo abanando o cachorro!!
    até quando teremos que carregar a culpa por negros terem sido escravizados?
    vamos a luta gente, arregacem as mangas e mostrem seu real valor,negros,brancos,roxos,amarelos….
    que venham médicos de todos os cantos e que resolvam as carências da saúde da população.

  7. Leonardo Soares

    27 de agosto de 2013 - 12:58
    Reply

    É uma vergonha! Esse tipo de comportamento é esperado de gente sem educação, fico admirado que médicos tenham uma postura tão ridicula como esses. Sinseramente, o povo brasileiro é a raça mais nojenta da face da terra, assim afirmam os europeus, e com toda razão.

  8. Anônimo

    27 de agosto de 2013 - 12:27
    Reply

    ESSAS PESSOAS QUE OFENDERAM O MÉDICO CUBANO DEVERIAM SER PENALISADAS POR ISSO. ISSO É UMA MINORIA PORQUE OS BRASILEIROS ACEITAM BEM OS ESTRANGEIROS, PRINCIPLAMENTE OS QUE CHEGAM PARA TRABALHAR HONESTAMENTE EXERCENDO UMA PROFISSÃO TÃO IMPORTANTE E BONITA COMO É A DE MÉDICO. SEJAM BEM-VINDOS OS MÉDICOS CUBANOS.

  9. Alan Souza

    27 de agosto de 2013 - 11:19
    Reply

    Interessante notar que na foto não tem nenhum médico brasileiro negro, mesmo em Salvador, a cidade mais negra do Brasil.

    A reação ao programa Mais Médicos é a reação das elites!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *