Hiroshi Bogéa On line

DAB recebe gestores e técnicos do Hospital Sírio Libanês

O diretor do Departamento de Atenção Básica (DAB), João Salame Neto, se reuniu, nesta quarta-feira (20), com gestores e técnicos do Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio-Libanês (foto) para acompanhamento do projeto Protocolos de Atenção Básica. A parceria prevê entregas pactuadas com a instituição por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS).

O monitoramento das entregas dos protocolos e qualificação dos produtos foram discutidos na reunião de hoje, bem como a importância dos materiais para subsidiar boas práticas no dia a dia das Unidades Básicas de Saúde (UBS).

O resultado da parceria são quatro protocolos: Dor Crônica, Saúde das Crianças, Doenças Crônicas Não Transmissíveis-Risco Cardiovascular e Saúde das Mulheres — este último já publicado. Os materiais refletem o esforço do Ministério da Saúde na produção técnica norteadora do trabalho no âmbito da atenção à saúde, com vistas a promover a educação permanente dos trabalhadores da Atenção Básica e qualificar o cuidado prestado à população neste nível de atenção.

Além dos protocolos, a parceria produziu dois cursos piloto de Singularização em Protocolos de AB, envolvendo trabalhadores e gestores da AB, que foram realizados para avaliar a aplicabilidade das futuras publicações em 40 municípios brasileiros. Nele, foram apreendidas impressões desses atores para o aperfeiçoamento dos materiais, objetivando uma utilização abrangente, que respeite as especificidades locorregionais.

Sob nova direção

Durante a reunião, João Salame Neto se apropriou da agenda para garantir a conclusão e qualidade do projeto dos Protocolos da AB. Segundo o dirigente, as publicações são subsídios para qualificar a tomada de decisão por parte dos profissionais de saúde. “A construção desses materiais é fundamental para a rede de atendimento no Brasil. Quem ganha são os profissionais da saúde e, sobretudo, o usuário, que terá atendimento qualificado, com ferramentas devidamente avalizadas pelo Ministério”, afirmou.

Também participou do encontro a representante da Coordenação Geral de Gestão da Atenção Básica do DAB, Érika Almeida. “A elaboração dos protocolos e validação do conteúdo junto aos trabalhadores, por meio dos cursos piloto, têm sido bem avaliadas pelos participantes e provocado melhorias no processo de trabalho dos profissionais”, finalizou. (Ascom DAB)

Post de 

4 Comentários

  1. Normando Gonçalo Peixoto

    21 de setembro de 2017 - 17:13 - 17:13
    Reply

    Djama Guerra,
    Sou um leitor assíduo do blog. Tão logo tive conhecimento através do blog de, que o ex-prefeito, acabara de assumir a aludida diretoria, postei comentário, onde externei meu desejo de sucesso. Porém, passados esses dias no cargo, percebo que é só marketing de fachada. Sem, é claro, ter que depreciar a importância do cargo. Portanto, em que pese a credibilidade do blog, o ex-prefeito não resolverá absolutamente nada. Fará apenas divulgação de suas rotineiras reuniões…Acão que é bom: tá passando lá pela Venezuela.
    Aliás, ele têm um passivo enorme com a população marabaense.

  2. Djalma Guerra

    21 de setembro de 2017 - 10:14 - 10:14
    Reply

    Agora com a nova denuncia contra o canalha do Temer o Beto Salame pode negociar seu voto e arrumar um cargo melhor para o irmão , é a chance dele sair deste emprego de quarto escalão .

    • Djalma Guerra

      21 de setembro de 2017 - 10:17 - 10:17
      Reply

      Uma Pergunta: Alguém antes ouviu falar ou conheceu um diretor de atenção básica do SUS?

      • Djalma Guerra

        22 de setembro de 2017 - 17:24 - 17:24
        Reply

        O mais triste é que este cargo foi conseguido porque o irmão dele foi comprado pelo Temer para votar no engavetamento da denúncia de CORRUPÇÃO.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *