Hiroshi Bogéa On line

Comitiva internacional está no Pará conhecendo Cadastro Ambiental Rural

Uma equipe técnica da Embaixada do Reino Unido dos Países Baixos, no Brasil, sediada em Brasília, composta pelo conselheiro agrícola, Bert Rikken; pela assessora Frederica Heering, e pelo assessor, Ramon Gerrits, visitou a sede da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), visando cooperação.

As virtudes e limitações que a Semas encontra para desenvolver o Cadastro Ambiental Rural (CAR) e o Programa de Regularização Ambiental (PRA) no Pará foram o foco da reunião.

O Sistema Nacional do CAR (Sicar), no Pará, aponta 200.838 cadastros realizados até 30 de outubro, o número divulgado no site www.semas.pa.gov.br equivale a 75% das áreas cadastráveis do Estado.

A comitiva internacional foi recepcionada por Diana Castro, secretária adjunta de Gestão de Regularidade Ambiental, Maximira Costa, diretora de Geotecnologia (Digeo) e Renato Chaves, diretor de Ordenamento, Educação e Descentralização da Gestão Ambiental (Diored). Os visitantes também conheceram o Centro Integrado de Monitoramento Ambiental (Cimam).

Segundo a secretária adjunta da Semas, o desmatamento no Estado é uma das principais preocupações ambientais da Semas. “A secretaria normatiza métodos para supressão vegetal e apresenta planos de reabilitação das áreas afetadas, entre outras ações institucionais”.

Ramon Gerrits ressaltou a importância da reunião para os governos dos Países Baixos, liderados pela Holanda, que têm uma grande preocupação com a sustentabilidade mundial. “O Pará, por ter muitas reservas de florestas, possui um desafio muito grande, em comparação com o estado do Amazonas, que talvez tenha mais florestas, mas não tem os mesmos desafios que o estado do Pará encontra para administrá-las de forma sustentável”, finalizou. (Nilson Cortinhas)

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *