Hiroshi Bogéa On line

“Comitê de Crise” reúne agora em Marabá para tentar abastecimento

Espécie de “Comitê de Crise” formado pela Polícia Rodoviária Federal, Exército, Polícia Militar, Prefeitura de Marabá, Câmara Municipal, Associação Comercial e Industrial reuniu-se na manhã desta segunda-feira, 28, discutindo estratégias para tentar encontrar uma solução para o desabastecimento da região, principalmente no que se refere a combustíveis.

Comitê agendou para as 15 horas ainda desta segunda-feira com representantes do movimento paredista imposto nas rodovias, encontro para discutir uma saída, pelo menos a curto prazo.

Reunião ocorrerá no Centro de Convenções de Marabá.

Eugênio Alegreti, representando a Associação Comercial, disse ao blogueiro que, “inicialmente, é importante reconhecer  e respeitar o movimento dos caminhoneiros, que justamente reivindicam seus direitos”, e, com esse sentimento, “abrir as conversações de forma honesta e transparente”.

O abastecimento dos postos da cidade e região está suspenso desde às últimas 48 horas quando os manifestantes fecharam o sistema de bombeamento, que sai da pera ferroviária, da Vale, até o Centro de Distribuição, depois de transportado em trens do porto de São Luís até Marabá.

O transporte dos combustíveis do Centro de Distribuição, por rodovia também foi atingido com o fechamento das vias que saem do centro de distribuição para a cidade e região.

Até o final do dia, o Comitê de Crise deverá ter uma posição oficial das tratativas com  a comissão dos grevistas.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *