Hiroshi Bogéa On line

Chacina: quatro policiais são julgados em Belém

Na manhã desta segunda-feira (6), no fórum criminal de Belém, começa o julgamento de quatro policiais militares de um total de 17 que respondem pela suposta chacina, em 1995, de três jovens suspeitos de cometerem latrocínio na Grande Belém: Max Cley Mendes, Marciley Rosenal Melo Mendes e Luiz Fábio Coutinho da Silva.

O trio teria sido preso na rodovia Tapanã (na capital paraense), antes da suposta execução. As vítimas teriam roubado a arma e assassinado o cabo da PM Waldemar Paz Nunes, em dezembro de 1994.

Os PM’s acusados (Miguel Antônico Quaresma Lemos, Silvio Carlos Saldanha dos Santos Adalberto Costa Monteiro e João Rodrigues Monteiro) estariam – à época – sob o comando do então 2º tenente Neil Duarte (hoje deputado estadual).

Atualmente, os policiais estariam na reserva (exceto Silvio Saldanha, ainda na ativa faltando pouco tempo para entrar na chamada reserva remunerada).

Pela defesa do policiais, cinco testemunhas devem prestar depoimento e pela promotoria, apenas uma.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *