Hiroshi Bogéa On line

Carro Chefe, uma pequena rede de supermercados conquistando os marabaenses

O comércio varejista, em Marabá, sofreu grandes transformações nos últimos anos.

Este fato deu-se por diversos fatores, sendo os mais influentes, a abertura  de grandes redes de supermercados no município,  a absorção de inovações tecnológicas e organizacionais; e o fechamento de pequenas lojas de mercearias e pequenos supermercados que atuavam, principalmente, nos bairros mais afastados.

Marabá se tornou atrativo para alguns gigantes do varejo como o grupo Yamada (já fechado), Mateus e Líder, o que culminou para uma concorrência acirrada, exigindo um melhor desempenho, por parte dos pequenos varejistas, na tomada de decisão para permanência da organização no mercado.

Ao longo desses últimos  meses, muitas lojas de médio e pequeno porte fecharam, mas também persistentes empreendedores decidiram enfrentar a forte adversidade implantando métodos de atuação inteligentes e convincentes.

É o caso do empresário  Francisco Robério, que decidiu enfrentar a forte concorrência espalhando a marca “Carro Chefe Supermercados” em quatro pontos da cidade.

Praticidade, agilidade e proximidade, com essa trinca, ele e seus colaboradores vêm ganhando fatias do mercado de Marabá mesmo diante da concorrência das grandes redes.

Em suas quatro lojas, instalados nos bairros Independência, Belo Horizonte,  Vale do Itacaiúnas  e Folha 12 (foto acima),  o proprietário e seus gerentes costumam chamar os clientes pelo nome, avisa quando algum produto chega e tem afinidade com o gosto da maioria dos consumidores.

A marca “Carro Chefe Supermercado” passou a ser referência no ramo varejista nos bairros mais distantes do centro.

Com uma equipe enxuta de colaboradores, o gerente da loja localizada na Folha 12, Núcleo Nova Marabá, José Orleans  Feitosa Nogueira cumpre religiosamente a chamada “politica de vizinhança” adotada  pelo proprietário da pequena rede  de supermercados marabaense, o empresário Francisco Robério;

“Produto e preço são importantes, mas o serviço é mais. O atendimento virou uma ferramenta de estratégia competitiva, permitindo ao supermercado pequeno se diferenciar dos demais concorrentes e das grandes franquias. Em outras palavras, o sucesso no varejo passou a ter menos a ver com o que se vende e mais em como se vende”, revela Orleans.

E é isso mesmo o que se vê nas lojas “Carro Chefe Supermercados”.

A atenção dada aos clientes parte de todos os colaboradores  das lojas, em qualquer ponto dos corredores de prateleiras.

Lojas, aliás, bem sortidas, dotadas de todas as seções essenciais em um supermercado, principalmente na área de açougue onde há promoções variadas, durante a semana.

Quem mora em bairros distantes dos locais onde se instalaram as grandes redes  varejistas, não sai mais de seus bairros atendidos pela marca “Carro Chefe”.

Dona Maria da Paz Ribeiro, residente na Folha 6, é cliente assídua do Carro Chefe da Folha 12.

“Eu não preciso me deslocar daqui pra ir procurar um Mateus ou um Líder. O “Carro Chefe” me atende da melhor forma, encontro tudo o que quero na loja e estou pertinho de minha casa”, diz, empurrando um carrinho no corredor da loja em direção ao caixa.

O sucesso do varejo “Carro Chefe” acontece porque o preço não é tudo. Em troca de um bom atendimento, muitas pessoas estão dispostas a manter fidelidade à marca.

Um bom atendimento não é só para vender mais!

Ele também ajuda o cliente a achar e comprar os produtos certos para as suas necessidades.

Quando isso acontece, o negócio sofre com menos trocas e reclamações. A

Além disso, os consumidores do “Carro Chefe” entendem que são ouvidos e atendidos.

Essa filosofia de atenção especial ao cliente funciona nas quatro lojas da rede.

O jovem empresário Francisco  Robério sabe que sua marca  está conquistando a simpatia do consumidor porque ele e seus colaboradores estão sempre antenados com o humor  da clientela, acompanhando gostos e preferências  no dia a dia da loja.

Seus funcionários são a linha de frente do negócio.

Eles são a “cara” do supermercado, já que lidam diretamente com os clientes, seja repondo as prateleiras, seja pesando a carne, seja passando o código de barras na caixa.

“Se eles estiverem aborrecidos, cansados ou forem desinformados, nossos clientes vão reparar e podem diminuir a frequência em nosso ponto de venda. Precisamos estar sempre atentos para que isso não aconteça”, conta Orleans (foto abaixo).

Para oferecer o melhor atendimento, os  colaboradores  do “Carro Chefe” possuem as ferramentas necessárias para entregar o que os clientes desejam.

Eles aprendem sobre os produtos, a melhor forma de dispô-los nas prateleiras, a importância dos cartazes de oferta, a rotina de higiene, mantendo o ambiente limpo.

Assim, a satisfação e confiança transparece no comportamento da equipe, agradando os clientes.

Essa a fórmula de sucesso em Marabá das quatro lojas do “Carro Chefe Supermercados”.

Colaboradores do Carro Chefe atentos aos gostos da clientela.
Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *