Hiroshi Bogéa On line

Até 2018, Pará terá mais 830 leitos nos hospitais regionais

Quem informa é a repórter Marlicy Bemerguy:

 

Mesmo com a grave crise econômica que o Brasil atravessa, o Governo do Pará continua investindo pesado na área da saúde, com a construção de seis novos hospitais públicos em diversas regiões do estado.

São unidades consideradas estratégicas para cada região que vai recebê-las, totalizando 800 novos leitos e um investimentos de cerca de R$ 540 milhões.

O objetivo do governo é ampliar e descentralizar o atendimento na rede pública, melhorando a assistência à população em todo o Pará.

No interior, cinco importantes hospitais de grande e médio porte que tiveram os serviços paralisados em função da crise, já estão com as obras a todo vapor: Castanhal (230 leitos) e Capanema (58 leitos), no nordeste do Pará, e Itaituba (160 leitos), no sudoeste, ganharão, cada um, seu Hospital Regional.

O governo também já está finalizando e deve entregar ainda este ano as obras de reforma e ampliação do Hospital Municipal Santa Rosa, em Abaetetuba, que terá 72 leitos, e do Hospital Materno-Infantil, de Barcarena, com 30 leitos.

Além destes, a Região Metropolitana de Belém também vai ganhar um reforço importante na rede hospitalar com a conclusão, em 2018, das obras do Abelardo Santos – que será o maior hospital público da região metropolitana da capital, beneficiando cerca de 1,2 milhão de pessoas.

Com dez andares e 250 leitos, a unidade recebe recursos de cerca de R$ 196 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Entre os serviços que serão oferecidos estão urgência e emergência, clínica pediátrica e cirúrgica, traumatologia, terapia renal, unidade de transplante, maternidade, Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) infantil e adulto e centro cirúrgico com cinco salas.

—————–

Nota do blog: total de leitos acima não inclui a ampliação do Hospital Regional de Marabá, que atualmente possui 115 leitos, mas chegará a 145, com a disponibilização de mais trinta leitos, na área de ampliação, cujas obras também serão entregues em 2018.

Portanto, ao todo, o Pará ganhará mais 830 leitos.

Autor 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *