Hiroshi Bogéa On line

Alarme falso

O blog acaba de falar com técnico da Eletronorte em Tucuruí. Ele desmente rumores da paralisação de cinco máquinas da hidrelétrica depois da invasão da usina por 600 manifestantes ligados ao Movimento dos Atingidos por Barragens e ao MST, a partir do movimento de fechamento da BR-263, que dá acesso à Usina Hidrelétrica, reivindicando investimentos em projetos de desenvolvimento econômico, infra-estrutura, em saúde, educação e transportes.
Segundo o informante, o clima na usina é de forte tensão. “Tememos que eles (manifestantes) destruam alguns equipamentos importantes aqui na sala de máquinas que foi ocupada até a chegada da Polícia Militar, mas existe o risco de outras invasões conforme rumores que chegam aqui dentro a todo instante”, disse.
Proibido de dar entrevistas, o técnico topou em falar pelo celular desde que seu nome não fosse revelado. Foi confirmado por ele o confronto da PM com nervosos integrantes do MTR e MST. “A polícia não teve outra alternativa, ou fazia do jeito que fez ou poderia ter acontecido o pior aqui em nossas instalações”, explica ao ratificar registro de quatro feridos levados ao hospital de Tucuruí depois da refrega.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *