Hiroshi Bogéa On line

Adepará promete investigar denúncias de corrupção

 

Jesiel Nascimento, autor de denúncias da existência de corrupção no Posto Tocantins, da Adepará, volta à carga, agora em novo comentário, revelando posição da direção da agência reguladora de apurar as denúncias por ele formuladas aqui no blog. 

O que diz Jesiel:

 

 

Jesiel Nascimento
4 aprovados
jn.medvet@gmail.com

Prezado Hiroshi. Venho aqui porque me sinto no DEVER de relatar o que foi acordado entre mim e a diretoria da ADEPARÁ. Depois das denúncias que fiz na blogosfera paraense, foi marcada uma reunião com um dos diretores desta autarquia neste dia. Primeiramente gostaria de informar que TUDO que foi relatado por mim é verdade e que sustento onde for preciso; por isso fiquei indignado com a publicação da portaria que tratava da minha remoção. A cidade de Marabá, cotidianamente (infelizmente) aparece na mídia como se fosse uma das piores cidades do Brasil; cabe a nós que residimos ou trabalhamos neste município mudar estas realidades. Esse é um dos motivos das inúmeras denúncias que tenho feito sobre funcionários corruptos de vários Órgãos entre eles SEFA, PMPA, ADEPARÁ, Prefeitura de Marabá para as autoridades competentes (entenda-se auditorias, corregedorias, etc) e tornado PÚBLICO (NA INTERNET) o que, a meu ver, TODO CIDADÃO deve fazer. Tenho a obrigação de ressaltar que não recebi nenhuma benesse do Órgão (DAS, DIÁRIAS, CARGO COMISSIONADO, DINHEIRO, LICENÇAS ILEGAIS, OUTROS) e que não fui intimidado. Faço isso porque, como este jornalista, acredito que uma sociedade unida e esclarecida pode dar um FIM A CORRUPÇÃO. Senhores (as), não sou marabaense, mas acredito que desta forma tenho contribuído para o bem desta cidade e do estado do Pará. Segundo a diretoria da ADEPARÁ (ainda não foi publicado do Diário Oficial do Estado – DOE) haverá, em breve, modificações nos Postos de Fiscalização Agropecuária como forma de combater funcionários corruptos que deveriam estar presos e não nestes lugares manchando o nome da Instituição (espero que a SEFA e os outros Órgãos Públicos sigam o mesmo exemplo). Contudo chamo atenção que só depois de publicado no DOE é que teremos certeza que o que dizem é ou não verdade. Finalizando quero publicizar que fico orgulhoso de ter chamado a SOCIEDADE para o debate (esta denúncia foi publicada nos BLOGS mais visitados do Pará – OBRIGADO SENHORES PELO PRESTÍGIO); para mim a coisa pública tem que ser feita de forma o mais transparente possível. Acreditem a BLOGOSFERA é o canal mais íntegro que a sociedade dispõe, não deve favores e relatar a verdade nua e crua. Muito obrigado. Estou a postos para futuras denúncias. Fiquem com Deus. Abraços fraternos a todos.

Post de 

5 Comentários

  1. Por uma Marabá Melhor

    31 de março de 2013 - 00:04 - 0:04
    Reply

    Anonimo das 21:43h. de 28.03.13 contribuo com você fazendo a seguinte indagação ao pretenso deputado estadual-2014 Sr. Mário Moreira, até o presente momento, Diretor Geral da ADEPARÁ: A Sra. Elka vai subir em caminhão para contar os gados? Vai subir em caminhões-baú para inspecionar os produtos e subprodutos de origem animal e vegetal? Vai multar quem estiver em desacordo com a legislação agropecuária sem sucumbir aos desejos corruptíveis que o dinheiro possa proporcionar? Condenaria carnes estragadas de frigoríficos de pessoas oriundas de famílias “ilustres” de Marabá? Tudo isso por pouco mais de R$ 1.500,00 sem direito a adicional de insalubridade ou periculosidade, com adicional noturno sendo pago sempre atrasado ou na maioria das vezes nem sendo pago. De baixo de sol, que nesta região chega a ser desesperador. Em baixo de chuva, em pleno inverno amazônico. Sinceramente, pelo histórico dessa cidadã acredito que não. Vale lembrar que o irmão do Adécimo Gomes, ex-prefeito de Itupiranga (tema de muitas postagens por aqui) também trabalha nesse posto e não faz nada disso (por que será?). É muita cara-de-pau desse povinho. Bogéa isso é o fim da picada; não vamos deixar bagunçar a cidade de Marabá. Nós, cidadãos de bem, merecemos respeito.

  2. Jesiel Nascimento

    30 de março de 2013 - 21:07 - 21:07
    Reply

    Cheguei de viagem e fiquei muito feliz. Vi que a SOCIEDADE está participando e, o melhor, DENUNCIANDO. Senhores realmente ficou muito claro para mim que a minha permanência naquele Posto Fiscal incomoda muita gente (E A FAMOSA POLITICAGEM). Plantei a semente no seio da sociedade paraense e as pessoas começaram a se manifestar (PARABÉNS A TODOS). Aceito sair de Marabá, desde que as pessoas com condutas indecorosas sejam retiradas daquele posto de fiscalização e que seja devidamente esclarecido qual o real motivo da minha saída (JÁ QUE CORRUPÇÃO NÃO É). Contudo, mais uma vez, saúdo ao jornalista e as irmãos brasileiros que, como eu, se INDIGNAM com qualquer forma de corrupção. Amados DENUNCIEM, o Brasil ainda tem jeito (Morro acreditando nisso!!!).

  3. Anonimo

    28 de março de 2013 - 21:43 - 21:43
    Reply

    É caro Jesiel vejo que os diretores da adepara ficaram com medo e assim vc ganhou um cala te boca, infelismente é assim que acontece as pessoas não tem coragem de ir em frente porque logo vem a proposta ” desfaz o mau entendido que te dou tal coisa” o que tem de corrupção nesta adepara não é brincadeira é funcionarios contratados que nunca foram trabalhar como por exemplo a ex vereadora ISMAELKA e o ex prefeito de Itupiranga senhor Adecimo e o ministerio publico não faz nada. por isso que não vale a pena denuciar nada nesse Brasil de muro baixo pois termina em pizza, as denuncias desse servidor é grave e caberia o ministerio publico investigar.
    ADMISSÃO DE SERVIDOR
    NÚMERO DE PUBLICAÇÃO: 503583
    Órgao: AGENCIA DE DEFESA AGROPECUARIA DO EST DO PARA
    Modalidade de Admissão: Temporário
    Ato: CONTRATO TEMPORÁRIO Nº 13/2013
    Data de Admissão: 25/03/2013
    Nome do Servidor Cargo do Servidor
    Término Vínculo Observação
    ISMAELKA QUEIROZ TAVARES AUXILIAR DE
    BARREIRA 24/03/2014
    Ordenador: MARIO APARECIDO MOREIRA agora pergunto senhores essa senhora vai mesmo parar caminhão pra fazer fiscalização no sol quente ouvindo os barulhos do trem kkkkk

  4. marcos antonio

    28 de março de 2013 - 19:58 - 19:58
    Reply

    Meu companheiro tudo que você denuncia da ADEPARÁ é do conhecimento de todos, porem todos os fazem vista grossa, vou aqui citar um exemplo claro, tem medico veterinário da ADEPARÁ concursado que trabalha em outro cargo no município usando tudo da ADEPARÁ e o pior a as horas de trabalho são as mesma das 08 as 12 das 14 as 17, será que isto pode acontecer, essa pessoa também é subordinada a esse posto da qual tem a denuncia, e pior agora a mesma pessoa virou chefe regional da ADEPARA e chefe da vigilância sanitária do município de Piçarra

  5. Bia

    28 de março de 2013 - 00:39 - 0:39
    Reply

    Com certeza Josiel, esse é o papel que todo cidadão deve assumir diante de tal circunstância. A corrupção é o maior mal que uma sociedade pode sofrer. Existe uma cultura no Brasil condescendentes com as práticas de transgressões sociais. Sabedores do que é certo e errado se deixam levar pelo famoso “jeitinho brasileiro”, essa “malemolência” leva a evolução da abominável práticas ilícitas. Na certeza que irão burlar as normas e não serão punidos, essa sensação de impunidade estimula a corrupção no Brasil formando um círculo vicioso.
    A ética e a moralidade devem ser entendidas como regra absoluta, dentro do sistema, pois a falta destes coloca em “cheque” a honradez do serviço público, a função do servidor deve ser exercida com transparência, competência, seriedade e compromisso com o bem estar da coletividade.
    Parabéns Josiel pela sua atitude exemplar. A população tem que tomar ciência da conduta de tais servidores, pois esse problema é de todos nós. Vamos aguardar que as autoridade competentes averigue a fato e julgue com a seriedade que o caso mereça.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *