Hiroshi Bogéa On line

Marabaenses denunciam maus tratos de animais na cavalgada da Expoama, e condenam Ministério Público por falta de fiscalização

A chamada “cavalgada” de abertura da Feira Agropecuária de Marabá, realizada sábado último, 2 , gerou, nas redes sociais,  inundação de críticas e denúncias de maus-tratos de animais.

Dezenas de fotos publicadas no twitter e no facebook, ilustrando o sofrimento de animais, forçados a cruzarem um trecho de mais de 12 kms sob sol escaldante, transportando pesos excessivos, serviram para cobrar das autoridades, principalmente Ministério Público, maior responsabilidade na fiscalização da cavalgada, retratada como  “exemplo medieval” do que há de pior no tratamento de cavalos e bovinos.

Uma das manifestações, apenas para reforçar o post, foi assinada pela publicação de  Ellen Martins de Almeida.

Ela redigiu post e publicou fotos de um animal caído em plena avenida, e sendo maltratado por um vaqueiro.

O que disse a jovem:

Hoje tive a oportunidade de participar da cavalgada de Maraba, com a ONG Focinhos carentes, e tive uma visão diferente do evento, pude ver de perto o sofrimento que os animais passam nesse evento, ninguém é obrigado a gostar ou amar os animais, mas o mínimo é respeitar, hoje me deparei com a cena desse boi caído no chão de exaustão, não bastava ele ter esgotado suas forças, ainda foi agredido com chicote e com uma vara que esse indivíduo que tá aí fez questão de espancar o animal até ele levantar e montar nele, de tão cansado o animal caiu de novo e ele continuou batendo, o vídeo desse ato covarde não tive coragem de postar, mas já encaminhei para o delegado e para a diretoria da ONG poder tomar as devidas providências, vi muita coisa que realmente me deixou triste com o ser humano, principalmente quando lembrei que já participei disso, já fui em cavalgada de carroça, mas nunk tinha visto o evento da forma que vi hoje e sinceramente fiquei muito triste, em ver tantos animais sofrendo com sede, cansaço, dor… E decidi fazer algo pra ajudar, não posso abraçar o mundo sozinha e mudar a vida de tds os animais, mas posso fazer um pouco e sei que agora Maraba tem uma ONG que se preocupa com isso e vai lutar arduamente para acabar com essa violência contra animais..

 

As fotos publicadas:

Expoama 2

 

Expoama

Até as 10h45 desta segunda-feira, o post registrava extraordinários   1.690 compartilhamentos , e mais de 400 comentários.
Abaixo, alguns somentários:
Jeane Novais
Jeane Novais Que absurdo!! Descaso total com os animais

Cristiane Oliveira Lima
Cristiane Oliveira Lima Muito triste ver tal barbaridade.

Ana Alice
Ana Alice Vc está estou cm vc .
Isto é muito triste ver tanto animais sofrendo.

2 · 20 h
Post de 

8 Comentários

  1. Djalma Guerra

    7 de julho de 2016 - 06:35 - 6:35
    Reply

    Desafio o MP fiscalizar o rodeio e aplicar a lei.

  2. Diego

    6 de julho de 2016 - 21:58 - 21:58
    Reply

    Pessoal, e muito fácil pessoas desenformada, criticarem e dizer q animais são maltratados, esse boi como já foi citado e adestrado para deitar, eu tenho bois adestrados assim. E garanto q são mais bem tratados q muito “protetores dos animais ” q N TEM O Q FAZER, N TEM O MÍNIMO DE CONHECIMENTO, e saem criticando e levantando polêmicas. Desde já deixo claro q sou contra mals tratos, amo mais meus animais q muitas pessoas. Se quiserem cv comigo chama ai no imbox .

  3. Dama Misteriosa

    6 de julho de 2016 - 15:22 - 15:22
    Reply

    boa tarde!

    Até onde eu sei a postagem continua no face dela, tendo em vista, que somos amigas do face e ainda vi a postagem lá, creio que deve ter mudado a configuração da publicação, para evitar mais transtornos, já que postaram um vídeo chamando a moça de mentirosa e denegrindo sua imagem, pela postagem dela posso garanti que em momento algum ela feriu direito alheio, pois não citou nome de ninguém e o rapaz estava de costa, achei até que foi algo bem tranquilo, o problema é que quando alguém decidi dar sua opinião e ela ofende meia duzia de pessoas que não gostam de ouvir verdades acaba gerando polêmica, até gostaria que quem maltratasse os animais fossem mesmo multados, mas como Marabá sempre levou o titulo de terra sem lei, isso vai acabar em pizza!

  4. Celso

    5 de julho de 2016 - 12:24 - 12:24
    Reply

    Olá pessoal.
    Favor verificar à realidade do fato antes de acusarem alguém. Esse boi que aparece na foto. Ele está deitado por ser treinado, ele deita e fica imóvel como se estivesse dormindo. Porque foi treinado pra isso.
    Essa Ellen já até apago tudo que posto nas rede social

  5. Terezinha

    5 de julho de 2016 - 11:44 - 11:44
    Reply

    No lugar dos animais, coloquem carros; motos, bicicletas. Mas deixem os animais de fora, desta caminhada longa e estressante. Isso é uma atitude irracional. Autoridades tomem providências. Socorram os indefesos que não sabem protestar.

  6. Djalma Guerra

    4 de julho de 2016 - 16:21 - 16:21
    Reply

    Submeter animais a maus tratos é crime previsto na Constituição. onde está o Ministério Publico e autoridades policiais que não proíbem de vez esta cavalgada e não fiscalizam o rodeio que comete o mesmo tipo de crime.
    Digo e repito são criminosos previsto em lei submeter qualquer tipo de animal a maltratos,

  7. mbarretovianna

    4 de julho de 2016 - 13:16 - 13:16
    Reply

    Errata: dirão que o número de participantes é mt grande….

  8. mbarretovianna

    4 de julho de 2016 - 13:13 - 13:13
    Reply

    Esse problema é facil de resolver. Antecipem o horario e diminuam o percurso, sendo recomendável orientação e fiscalização sobre as condições de saúde do animais inscritos previamente…. sei que mts dirão que o número de participantes, entretanto, a festa é anual e esse trabalho de vistoria e orientação pode ser iniciado nos trinta dias que antecedem o evento. Esse trabalho tem condições de ser coordenado pelo Sindicato Rural que possui, sem dúvida, pessoal capacitado para tanto.

Leave a Reply to Dama Misteriosa

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *